John Kerry apela à Rússia para respeitar acordo

John Kerry, secretário de Estado dos EUA, apelou à Rússia para implementar medidas que garantam o cumprimento do acordo assinado em Genebra, de forma a terminar com a crise na Ucrânia.

Em conversa telefónica com o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Sergei Lavrov, John Kerry pediu que fosse feito um apelo público aos separatistas para abandonarem os edifícios governamentais que ocuparam, segundo explicou Jennifer Psaki, porta-voz do Departamento de Estado, citada pela AFP. Porém, Lavrov considera que é Kiev quem está a violar o acordo e que deve partir do governo interino ucraniano a intenção de evitar um "banho de sangue".

Este diálogo aconteceu antes da primeira visita de um político norte-americano à Ucrânia. Joe Biden, vice-presidente dos EUA, chegou hoje e irá encontrar-se com o presidente Oleksandr Turchinov e o primeiro-ministro Arseni Yatseniuk (ambos interinos).

Joe Biden é um defensor da aproximação da Ucrânia ao Ocidente, tendo apelado à "união nacional" e à "urgente implementação do acordo de Genebra".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG