Soldado britânico de 19 anos esfaqueado até à morte

Um soldado britânico de 19 anos destacado no Chipre morreu depois de ter sido esfaqueado durante uma luta com turistas britânicos numa discoteca na zona turística de Ayia Napa.

De acordo com um porta-voz da polícia cipriota, Georgios Economou, quatro soldados que não estavam em serviço lutaram com três turistas na madrugada de domingo, tendo um dos turistas alegadamente usado uma faca automática (vulgarmente conhecida como ponta e mola) e esfaqueou o jovem soldado.

Connie Pierce, uma porta-voz das forças armadas britânicas, disse que o incidente aconteceu numa parte de Ayia Napa que está interdita aos soldados britânicos, devido a incidentes passados.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

O relatório do Conselho de Segurança

A Carta das Nações Unidas estabelece uma distinção entre a força do poder e o poder da palavra, em que o primeiro tem visibilidade na organização e competências do Conselho de Segurança, que toma decisões obrigatórias, e o segundo na Assembleia Geral que sobretudo vota orientações. Tem acontecido, e ganhou visibilidade no ano findo, que o secretário-geral, como mais alto funcionário da ONU e intervenções nas reuniões de todos os Conselhos, é muitas vezes a única voz que exprime o pensamento da organização sobre as questões mundiais, a chamar as atenções dos jovens e organizações internacionais, públicas e privadas, para a necessidade de fortalecer ou impedir a debilidade das intervenções sustentadoras dos objetivos da ONU.