Oposição da Ucrânia exige eleições presidenciais e legislativas antecipadas

A oposição na Ucrânia exigiu hoje a convocação de eleições presidenciais e legislativas antecipadas, depois da polícia de choque ter dispersado com violência uma manifestação da oposição, deixando dezenas de feridos.

"Nós exigimos a demissão [do ministro do Interior, Vitali] Zakharchenko, uma investigação às suas ações e o seu julgamento, a demissão do Governo e do Presidente e eleições presidenciais e legislativas antecipadas", afirmou o líder do principal partido da oposição na Ucrânia, Arseniy Yatsenyuk, numa conferência de imprensa marcada com urgência.

A oposição diz ainda que ficou acordada uma decisão para fazer uma frente nacional de resistência e que está a preparar uma greve a nível nacional na Ucrânia.

Arseniy Yatsenyuk adiantou ainda que os líderes da oposição se reúnem ainda hoje com os embaixadores que representam a União Europeia.

"Teremos uma reunião com todos os embaixadores da União Europeia, e em separado estamos a contactar os nossos parceiros ocidentais: o tempo de falar, acabou", afirmou ainda.

Exclusivos