Mil pessoas já foram alvo de processos por participar nos distúrbios

A polícia de Londres anunciou hoje que mil pessoas já foram acusadas de crimes ligados aos distúrbios que abalaram a capital britânica durante quatro dias na semana passada.

O comissário interino da polícia de Londres, Tim Godwin, afirmou num comunicado que a investigação aos motins prossegue e que outros indivíduos poderão ainda ser acusados. Godwin apelou para que os cidadãos denunciem quem tenha estado envolvido nos distúrbios: "Não deixem que eles se escapem."

A polícia britânica fez mais de 3.000 detenções na sequência de motins que começaram a 06 de Agosto, no bairro de Tottenham, e depois se espalharam a mais zonas de Londres e a outras cidades inglesas.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).