França não concordará com orçamento que "esqueça" a agricultura

O Presidente francês, François Hollande, disse hoje, em Bruxelas, que não concordará com uma proposta de orçamento comunitário que "esqueça" a agricultura e "ignore" o crescimento.

"Venho para procurar um acordo", afirmou o Presidente francês à chegada ao Conselho Europeu, que decorre na capital belga hoje e sexta-feira para discutir o orçamento da União Europeia (UE) para o período 2014-2020.

Mas deixou um aviso: "Se a Europa, para procurar um compromisso a todo o custo, tiver de abandonar as suas políticas comuns, esquecer a agricultura e ignorar o crescimento, não estarei de acordo".

A cimeira de hoje e sexta-feira será a segunda tentativa para chegar a um acordo sobre o orçamento comunitário, depois de, em novembro, as negociações terem falhado.

Na altura, o presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy propôs um orçamento de 973 mil milhões de euros, o que representava um corte de cerca de 80 mil milhões de euros em relação à proposta da Comissão Europeia, não tendo sido alcançado um acordo.

Hoje, Herman Van Rompuy deverá apresentar aos líderes dos 27, entre os quais o primeiro-ministro português, Pedro Passos Coelho, uma nova proposta, que contempla verbas destinadas a combater o desemprego jovem.

O início da cimeira está previsto para as 17:30 locais (16:30 de Lisboa).

Ler mais

Exclusivos