Fotocópias na base das exigências

Os cerca de 36 mil jardins de infância alemães, do sector privado e público, não assinaram o acordo global sobre direitos de autor e têm, por isso, que pagar cada vez que fotocopiam textos de canções modernas, disse Bettina Müller, porta-voz da GEMA (sociedade de gestão e exploração de direitos de autor), citada pela France Press.

"De qualquer das formas, são quantidades muito limitadas, porque estas fotocópias são entregues, na maior parte das vezes, aos pais que querem cantar com as crianças durante as festas de Natal. As crianças não sabem ler e por isso não precisam das fotocópias para aprender as canções de cor", acrescentou.

Recentemente, segundo a France Press, um infantário público foi obrigado a pagar 56 euros por ano poder fazer até 500 fotocopias de letras de canções, enquanto um jardim-de-infância da igreja teve de pagar 46 euros.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).