27 estão ainda "muito distantes" de acordo, diz Merkel

A chanceler alemã advertiu hoje, à entrada para a cimeira de líderes europeus em Bruxelas, que as posições sobre o orçamento comunitário para 2014-2020 estão ainda "muito distantes", duvidando por isso que seja possível fechar um acordo.

"Ainda não podemos dizer neste momento se haverá um acordo. As posições estão ainda muito distantes", declarou Angela Merkel à chegada ao Conselho Europeu, onde dentro de cerca de duas horas (17:30 locais, 16:30 em Lisboa) começa uma cimeira de chefes de Estado e de Governo da União Europeia, na qual os 27 vão tentar chegar a um acordo sobre o quadro financeiro plurianual.

A cimeira de hoje e sexta-feira será a segunda tentativa para alcançar um acordo sobre o orçamento comunitário pós-2013, depois de, em novembro, as negociações terem falhado.

Na altura, o presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy propôs um orçamento de 973 mil milhões de euros, o que representava um corte de cerca de 80 mil milhões de euros em relação à proposta da Comissão Europeia.

Hoje, Van Rompuy deverá apresentar aos líderes dos 27, entre os quais o primeiro-ministro português, Pedro Passos Coelho, uma nova proposta, que contempla verbas destinadas a combater o desemprego jovem.

Ler mais

Exclusivos

Premium

adoção

Técnicos e juízes receiam ataques pelas suas decisões

É procurador no Tribunal de Cascais há 25 anos. Escolheu sempre a área de família e menores. Hoje ainda se choca com o facto de ser uma das áreas da sociedade em que não se investe muito, quer em meios quer em estratégia. Por isso, defende que ainda há situações em que o Estado deveria intervir, outras que deveriam mudar. Tudo pelo superior interesse da criança.