Intensas buscas para encontar menino de três anos

As autoridades escocesas e muitos voluntários procuram desde quinta-feira Mikaeel Kular, que foi dado como desaparecido na quinta-feira de manhã, em Edimburgo, na Escócia. Apesar de ter sido explorada a possibilidade do menino ter saído de casa sozinho, a polícia acredita agora que terá sido raptado.

A notícia é avançada pela Sky News, que cita um agente da polícia escocesa. Apesar de não estar excluída a hipótese da criança ter saído de casa sozinha, o agente Malcom Graham afirma que a polícia teme que Mikaeel tenha sido vítima de "um ato criminoso", garantindo que todas as possibilidades estão a ser investigadas.

Centenas de polícias do Reino Unido juntaram-se às buscas pelo menino de três anos em Edimburgo, ajudados por muitos voluntários que procuram por pistas sobre o desaparecimento. A polícia escocesa diz que não houve, nem há qualquer suspeito.

Mikaeel Kular foi visto pela última vez na quarta-feira à noite, quando a mãe o deitou. De manhã, por volta das 7.15, quando foi ao quarto do menino, este já lá não estava, tendo também desaparecido um casaco e uns sapatos. A criança tem dois irmãos e duas irmãs (uma das quais é sua gémea).

Algumas pessoas disseram que viram uma criança parecida com Mikaeel a cerca de 800 metros da casa. A polícia está a analisar esta pista. A criança teria um chapéu e a Sky News adianta que esse é um adereço que não é apreciado pelo menino.

A polícia recusou comentar a possibilidade de Mikaeel já não estar no país. Os aeroportos e portos foram alertados para o caso, mas é salientado que o primeiro voo de quinta-feira realizou-se quase duas horas antes de a mãe de Mikaeel ter dado pelo seu desaparecimento.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG