Infantas sairão da família real espanhola

As filhas de Juan Carlos, as infantas Cristina e Elena, deixarão de pertencer à família real quando o irmão for proclamado Felipe VI Rei de Espanha. As irmãs de Felipe, escreveu o jornal espanhol 'El Mundo' passarão a ter o mesmo estatuto que as irmãs do Rei Juan Carlos, Pilar e Margarida.

Estas não terão cargos oficiais e a Casa Real já não lhes disponibilizará financiamento para gastos em representação. Cristina, por ver o seu marido, Iñaki Urdangarin, constantemente ligado a casos judiciais por desvio de dinheiro, já não recebia esse financiamento há algum tempo. Elena, diretora dos projetos culturais e sociais da Fundação Mapfre, assim que vir todos os seus compromissos concluídos, perderá também esse apoio.

Depois da proclamação do novo rei, a família real passará ser constituída por Juan Carlos e Sofia, Felipe VI, a sua mulher, Letizia, e as suas filhas, as infantas Leonor e Sofia. A infanta Leonor, a primogénita de Felipe e Letizia, de oito anos, passará a ser Princesa das Astúrias, de Girona e de Viana.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG