Hollande elogia "artesão da transição" democrática

O Presidente francês, François Hollande, destacou hoje o "papel determinante" que o rei Juan Carlos desempenhou no início da democracia espanhola, afirmando que o monarca foi um "artesão da transição".

"Artesão da transição após a ditadura franquista [regime liderado por Francisco Franco entre 1939 e 1976], conduziu o país num caminho de liberdades civis e políticas, da integração europeia e da modernidade", referiu num comunicado divulgado pelo Eliseu (sede da Presidência francesa).

Segundo a mesma fonte, o chefe de Estado francês conversou ao telefone com Juan Carlos e falaram sobre a decisão do monarca de abdicar do cargo de rei de Espanha.

"França garante ao Governo e ao povo espanhol toda a amizade e apoio neste momento importante da vida do país", afirmou Hollande, acrescentando ainda que, durante os 39 anos de reinado, Juan Carlos encarnou "a Espanha democrática".

Juan Carlos anunciou hoje, numa declaração ao povo espanhol, que abdica do cargo de rei de Espanha a favor de uma nova geração "que reclama papel de protagonista" e que é capaz de enfrentar "com determinação" as mudanças e reformas que a atual conjuntura "exige".

"Hoje merece passar à primeira linha uma geração mais jovem, com novas energias, decidida a empreender com determinação as transformações e reformas que a conjuntura atual está a exigir", disse o monarca na mesma declaração.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG