França: Jacques Chirac condenado a dois anos de prisão

O ex-presidente francês Jacques Chirac foi hoje condenado a dois anos de prisão com pena suspensa por um tribunal de Paris num processo sobre empregos fictícios na capital francesa, quando chefiava o município.

Chirac, de 79 anos, foi considerado culpado por "desvio de fundos públicos" e "abuso de confiança" no âmbito do processo instruído em Paris, relativo a 21 empregos remunerados pelo município parisiense no início da década de 1990.

O ex-chefe de Estado também foi declarado culpado na segunda parte do processo que inclui sete empregos fictícios e cuja instrução ocorreu em Nanterre, perto de Paris.

O ministério público tinha pedido a absolvição de Chirac e de nove coarguidos.

Jacques Chirac esteve ausente da leitura da sentença e de todo o julgamento, que decorreu entre 5 e 23 de Setembro.

A ausência foi justificada por um relatório médico que indicava a existência de problemas neurológicos "graves e irreversíveis".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG