Eurogrupo crê na aprovação de novas medidas austéras

O presidente do Eurogrupo, Jean-Claude Juncker, declarou hoje ter confiança que o parlamento grego aprove o novo pacote de medidas de austeridade para aceder a nova ajuda internacional de modo a evitar a falência do país.

Juncker apelou a que os ajustes de austeridade no país sejam aplicados o quanto antes. "É evidente que há que confirmar que o texto que o parlamento aprove tenha uma aplicação imediata na realidade grega", comentou o responsável em conferência de imprensa decorrida em Bruxelas.

"Uma coisa é aprovar uma lei e outra coisa é aplicá-la", advertiu todavia o também primeiro-ministro do Luxemburgo. O novo plano de ajuda financeira prometido à Grécia em troca de mais um pacote de austeridade terá um montante "similar" ao do primeiro empréstimo, que atingia os 110 mil milhões de euros, disse hoje o primeiro-ministro grego, Georges Papandreou.

"Estamos a falar de montantes muito, muito significativos" para este programa de ajuda que será financiado pela zona euro, o Fundo Monetário Internacional e os credores privados", declarou o governante grego em Bruxelas.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG