EUA envolvidos na morte de capacetes azuis russos

A NATO é responsável por empurrar a Geórgia para a guerra contra a Ossétia do Sul e os Estados Unidos estiveram envolvidos no assassinato de capacetes azuis russos na região, acusou hoje Vladimir Nazarov, vice-secretário do Conselho de Segurança da Rússia.

"Pela primeira vez em muito tempo, os Estados Unidos estiveram directamente envolvidos no assassinato de capacetes azuis russos, de soldados nossos. Temos provas bem definidas, concretas disso", disse Nazarov numa conferência internacional sobre os problemas da arquitectura euro-atlântica em Moscovo.

Em Agosto de 2008, a Rússia enviou tropas para a Ossétia do Sul, região separatista da Geórgia, a pretexto de defender os numerosos cidadãos russos aí residentes de um ataque militar georgiano.

Segundo Moscovo, as tropas georgianas teriam matado cerca de 15 capacetes azuis que se encontravam na fronteira entre a Geórgia e a Ossétia do Sul. A guerra terminou com uma derrota das tropas georgianas e a perda de duas regiões separatistas: Abkházia e Ossétia do Sul.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG