Especialistas vão estudar emissão de "eurobills"

O presidente da Comissão Europeia anunciou hoje perante o Parlamento Europeu, em Estrasburgo, a criação de um grupo de especialistas para estudar a possível emissão conjunta de dívida na forma de um fundo de redenção e os chamados "eurobills".

Durão Barroso indicou que, à luz do acordo geral em torno do segundo pacote sobre a governação económica ("two-pack"), o executivo comunitário está a formar agora um grupo de especialistas, que vai "olhar para todos os méritos e riscos, requisitos legais e consequências financeiras de iniciativas para a emissão conjunta de dívida na forma de um fundo de redenção e 'eurobills'", as obrigações europeias de curto prazo.

Segundo Durão Barroso, o grupo, encabeçado por Gertrude Tumpel-Gugerell - antiga membro da comissão executiva do Banco Central Europeu (BCE) --, inclui membros com muita experiência e conhecimento em diversas áreas, pelo que é de esperar um "aconselhamento precioso nestas questões muito complexas de um ponto de vista político, económica e legal".

Entre os 11 membros do grupo de especialistas conta-se o economista português Vítor Bento, que também é conselheiro de Estado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG