'E-mails' de Breivik dão origem a livro

O jornalista Kjetil Stormark é o autor de um livro sobre os ataques em Oslo e na ilha de Utoya que, a 22 de julho de 2011, mataram 77 pessoas. A obra tem como ponto de partida a correspondência de quatro contas de e-mail de Anders Breivik, que foram alvo de piratas informáticos, noticia hoje a AFP.

Mais de sete mil e-mails do extremista de direita condenado a pelo menos 21 anos de prisão, chegaram às mãos de Stormark e deram origem ao livro. "Estas mensagens não dão uma imagem completa [de Breivik], mas mostram como é paciente e compreensivo em determinadas situações", afirmou o autor numa conferência de imprensa.

Segundo Stormark, as características sugerem que a justiça tomou a decisão certa pois o extremista, de 33 anos, é criminalmente responsável pelos seus atos. O livro "O correio eletrónico privado de um assassino em massa", que ainda será publicado, foi possível graças a 'hackers' que após os ataques entraram no computador de Breivik.

É ainda revelado de que forma os ataques foram financiados e o equipamento que utilizou nos seus ataques. Também as mensagens de apoio e condenação enviadas a Breivik após os ataques foram compiladas. Stomark afirmou que Breivik poderia ter sido detido antes de 22 de julho se os serviços secretos noruegueses usassem um programa de computador capaz de relacionar compras online suspeitas.

Os advogados do condenado já se insurgiram contra a publicação, que consideram uma violação dos direitos e da privacidade de Anders Breivik.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG