Dono da Zara doa 20 milhões de euros à Cáritas

A Fundação Amancio Ortega colocou à disposição da Cáritas 20 milhões de euros para enfrentar diversas necessidades sociais em matéria de alimentação, ajuda farmacêutica, serviços de habitação e material escolar.

Amancio Ortega, empresário espanhol fundador da Inditex, empresa proprietária de marcas como Zara, Massimo Dutti e Oysho, confirmou a sua colaboração com o Programa de Atenção Básica da Cáritas. Desenvolvido pela organização católica, a iniciativa pretende "fortalecer" as ações que tem sido levadas a cabo em toda a região espanhola, a favor das pessoas e das famílias mais necessitadas.

No ano passado a organização prestou assistência a quase dois milhões de espanhóis, mais 200 mil do que no ano de 2010. Em países do terceiro mundo foram auxiliadas quatro milhões e meio de pessoas, através de projetos de cooperação.

Segundo o diretor da Cáritas, José Luis Pérez Larios, sete em cada dez euros provêm de donativos privados, cuja contribuição solidária aumentou em 3,48% no passado ano. Em declarações à agência espanhola EFE, o diretor sublinhou que a importância fornecida pelo empresário é "muito importante", assegurando que se irá destinar a "fortalecer a ação" que a organização tem na população mais vulnerável.

"Trará um estímulo de confiança à fundação, expressamos o nosso agradecimento, tal como fazemos a todos os que fazem doações e são voluntários", diz ainda o diretor. O responsável destacou também o interesse de muitas empresas em ajudar nos momentos de crise.

A Fundação Amancio Ortega foi inaugurada em 2001 com a missão de promover e suportar as iniciativas da sociedade espanhola que apostem em projetos direcionados ao âmbito social, educativo, assistencial e cultural.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG