Descobertos cinco bebés mortos numa casa nos arredores de Bordéus

Existem suspeitas de infanticídio. Quatro dos corpos encontrados numa arca congeladora. O quinto foi descoberto num saco isotérmico.

A polícia foi avisada pelo pai, de 40 anos, que descobriu quinta-feira de manhã, numa das divisões da residência, o corpo do recém-nascido que se encontrava no saco isotérmico. O nascimento teria ocorrido há cerca de dois dias, estimam as autoridades.

Este bebé resultaria de uma gravidez dissimulada, indicam alguns jornais locais, citando fontes da investigação.

Os investigadores, ao chegarem ao local, na vila de Louchats, a poucos quilómetros de Bordéus, depressa encontraram os restantes quatro corpos escondidos numa arca congeladora.

O pai foi colocado sob prisão preventiva e a mãe, de 35 anos, conduzida para um hospital, em estado de choque, referem os media franceses. O casal tem mais duas filhas, de 13 e 15 anos, que foram entregues à proteção de menores.

A autópsia está prevista para sexta-feira de manhã, para determinar a causa da morte e se os bebés seriam viáveis. Foi feita de imediato a recolha de ADN nos dois adultos para determinar o tipo de parentesco existente com os bebés mortos.

Não eram conhecidos antecedentes do casal na polícia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG