Descoberta bomba com 225 quilos de explosivos em carrinha

Uma bomba de grande potência engatilhada foi descoberta numa carrinha estacionada numa estrada da Irlanda do Norte, uma semana depois de um atentado que matou um polícia católico, anunciaram hoje as forças de segurança da região.

O veículo, dissimulado sob um viaduto na via rápida que liga Belfast a Dublin (um dos mais frequentados), perto de Newry, no condado de Armagh (sudeste), continha um caixote do lixo com 225 quilos de explosivos artesanais.

A bomba, "estava armada" (portanto pronta a explodir), indicou a polícia, que acredita que o engenho tinha como destino o centro de uma cidade na Irlanda do Norte.

Os elementos da brigada de minas e armadilhas desarmaram a bomba na noite de sexta-feira para hoje e explicaram que esta poderia ter causado "perdas materiais e humanas consideráveis".

Os investigadores também acreditam que a carrinha, uma Ford Transit roubada, poderá ter sido abandonada devido à presença de polícia num controlo de auto-estrada.

"Se esta bomba tivesse explodido, as consequências teriam sido terríveis", notou Jonathan Bell, um parlamentar membro do órgão de supervisão da polícia, dizendo mesmo que poderia ser um segundo "Omagh", o atentado à bomba que custou a vida a 29 pessoas em 1998.

Esta descoberta acontece uma semana depois do atentado - com um carro armadilhado - que matou um polícia católico de 25 anos, no sábado passado.

Ronan Kerr morreu quando o seu carro - estacionado em frente a sua casa - explodiu com ele lá dentro. Foi o segundo polícia assassinado na Irlanda do Norte desde 2009.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG