Dalia Grybauskaite favorita a um 2º. mandato

Os lituanos votam hoje para a primeira volta das eleições presidenciais, em que a Chefe de Estado em exercício, Dalia Grybauskaite, pela sua firmeza face ao vizinho russo na crise ucraniana, surge bem posicionada para alcançar um segundo mandato.

As urnas abriram às 07:00 locais (05:00 em Lisboa) e encerram às 20:00 (18:00 em Lisboa), neste país báltico de três milhões de pessoas.

Conhecida como a "dama de ferro" do báltico, Dalia Grybauskaite, 58 anos, poderá mesmo ser reeleita à primeira volta.

As sondagens dão-lhe uma intenção de voto superior a 50 por cento, mas tudo depende da afluência às urnas.

"Se a adesão às urnas ultrapassar os 50 por cento, tem boas hipóteses de ser eleita à primeira volta", declarou à France Press Ramunas Vilpisauskas, politólogo da Universidade de Vilnius.

Nas eleições de 2009, Dalia Grybauskaite foi eleita à primeira volta. Hoje, nas primeiras três horas de votação, a afluência às urnas rondava os sete por cento, cifra ligeiramente superior à registada, à mesma hora, em 2009, segundo a comissão eleitoral.

As atuais eleições coincidem com um cenário de inquietude na Lituania causado pela operação da Russia na Ucrânia e pela ameaça que o poderio militar russo exerce junto das fronteiras dos países da ex-União Soviética.

Como principais rivais nas eleições figuram o deputado europeu social-democrata Zigmantas Balcytis e o deputado trabalhista Arturas Paulauskas, que fizeram campanhas centradas nas questões sociais e no combate ao desemprego e à corrupção.

FC // SO

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG