Crimeia anuncia referendo para pertencer à Rússia

O Parlamento local da Crimeia, dominado por pró-russos, pediu esta quinta-feira ao Presidente russo Vladimir a ligação do território à Rússia e a organização de um referendo, no dia 16 deste mês, sobre o futuro da península para validar uma tal ideia, disse, à AFP, um dos seus responsáveis.

Os eleitores teriam que escolher entre uma ligação à Federação da Rússia ou uma autonomia reforçada, precisou o deputado Grigori Ioffe, depois de na Crimeia já se terem falado em várias datas para um referendo sobre uma autonomia alargada: a primeira vez para 25 de maio e a segunda para 16 de março.

Putin, por seu lado, fez saber que foi informado do pedido da Crimeia. "Esta informação acaba de nos chegar e o Presidente já está informado", declarou o porta-voz do Kremlin, Dmitir Peskov, citado pela ITAR-TASS e pela AFP.

Segundo Peskov, citado pela Ria Novosti e pela AFP, o chefe do Estado russo está a estudar o pedido da Crimeia com o seu Conselho de Segurança.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG