Conselho da Europa quer reforma constitucional na Turquia

O Conselho da Europa considera urgente e indispensável uma reforma constitucional na Turquia num documento hoje divulgado em Estrasburgo.

No documento pode ler-se que “a crise política da Primavera de 2008 colocou a claro as fraquezas da Constituição de 1982 e a urgência da sua revisão”, considera o presidente da Comissão da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa, o ucraniano Serhiy Holovaty.

“A situação política turca continua polarizada em torno do clima de suspeita que reina entre os diferentes actores políticos, em especial entre o Governo [dirigido pelos islamitas do AKP] e a oposição dos sectores kemalistas [uma referência ao fundador da Turquia moderna, Kemal Ataturk].

A crise de 2008 teve como epicentros o direito ao uso do véu na Universidade e as tentativas de acção judicial dos sectores kemalistas contra o AKP do primeiro-ministro Recep Erdogan.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG