Casal vegan julgado pela morte da filha

Um casal vegan está a ser julgado pela morte da filha, no Norte de França, devido ao regime alimentar da criança, que excluía todos os produtos de origem animal.

O casal é suspeito de "privação de cuidados ou de alimentos" que provocaram a morte da filha de 11 meses. A vítima, Louise, morreu em Março de 2008, em casa. Os pais chamaram os bombeiros, que mais não puderam fazer do que confirmar o óbito da criança.

A criança tinha peso abaixo da média e era alimentada apenas com o leite da mãe, que à data dos acontecimentos tinha 37 anos.

A autópsia revelou uma carência das vitaminas A e B12 que, segundo os especialistas, aumenta a sensibilidade a infecções e será consequência de "um desequilíbrio alimentar".

O problema de falta de vitamina B12 "poderá estar relacionado com o regime alimentar da mãe", de acordo com Anne-Laure, vice-procuradora da república de Amiens.

Os pais adoptaram o regime vegan (que exclui todos os alimentos derivados de animais, incluindo o leite e o mel) depois de terem visto "uma emissão de televisão sobre o transporte de gado para os matadouros", explicou Stéphane Daquo, advogado da mãe.

O casal tem outra filha, hoje com 13 anos, que aparentemente não foi afectada por estas carências.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG