Cartas de líder nazi vão ser tornadas públicas

Heinrich Himmler foi um dos principais responsáveis pelo Holocausto. As cartas e fotografias foram encontradas na posse de uma família em Israel e são consideradas de grande valor histórico.

Entre os documentos, estão cartas de amor que Heinrich Himmler escreveu à sua mulher, mas também se encontram algumas que descrevem uma vida menos glamorosa de Himmler - como descreve o The Telegraph -, referindo-se, por exemplo, a um caso amoroso com a sua secretária, e também o seu lado anti-semita. Himmler foi comandante das SS e um dos homens de confiança de Adolf Hitler

As cartas começam em 1927 e acabam cinco semanas antes do suicídio de Himmler em 1945 (matou-se depois de ser capturado pelos britânicos). Os documentos foram descobertos na casa de Himmler pelo exército norte-americano, mas desconhece-se como foram parar a Israel.

O historiador alemão Michael Wildt disse, citado pelo The Telegraph, que não existem documentos idênticos sobre nenhum outro líder nazi, reforçando a importância da descoberta. Todos os documentos (cartas, fotografias e algumas notas) estão no cofre de um banco em Tel Aviv.

A publicação das cartas será no domingo no jornal Die Welt.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG