Bélgica bate recorde por estar há 249 dias sem governo

A Bélgica cumpre hoje 249 dias sem conseguir formar governo, batendo um recorde mundial que até agora pertencia ao Iraque.

A Bélgica permanece sem governo devido à falta de entendimento entre os partidos flamengos e francófonos para a formação de uma coligação e a mediação está a cargo do liberal francófono Reynders, ministro das Finanças em funções, que recebeu a 2 de Fevereiro a missão do rei de encontrar uma solução para a situação, na sequência da demissão do último mediador, o senador socialista flamengo Johan Van de Lanotte.

O rei dos belgas, Alberto II prolongou na quarta-feira o mandato de Reynders até 1 de Março para permitir aprofundar os principais pontos de discussão entre os partidos flamengos e francófonos, temas em que será necessário "voltar a partir do zero" para vislumbrar alguma solução.

O diferendo centra-se em assuntos como a definição do distrito eleitoral da capital e periferia (Bruxelas-Halle-Vilvoorde), o financiamento de Bruxelas, a transferência de competências para as entidades federadas e respectivo financiamento.

Para manifestar descontentamento face à situação política, cerca de três dezenas de associações estudantis organizam vários actos de protesto nas principais cidades belgas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG