Autoridades suecas divulgam primeiro caso de infeção

As autoridades sanitárias da Suécia divulgaram hoje que identificaram o primeiro caso interno de infecção provocado pela estripe rara da bactéria E.coli, que já fez 48 mortos na Europa.

O Instituto para o Controlo de Doenças Contagiosas sueco referiu que este é o primeiro caso de infecção sem qualquer ligação à Alemanha, país onde foram identificados os primeiros casos do surto epidémico provocado pela bactéria. O organismo referiu, no entanto, que ainda não foi determinada a forma como o paciente foi infectado.

As autoridades suecas contabilizaram até à data 53 casos de infecção, incluindo 18 pacientes com Síndrome Hemolítico Urémico, complicações renais graves causadas pela bactéria. Todos os casos tinham ligações com o território alemão.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG