Antigo general de Ceausescu libertado

MIhai Chitac, 81 anos, um dos homens que ordenou a repressão nos últimos dias da ditadura comunista, estará um mês em liberdade para receber cuidados de saúde.

Um antigo general romeno condenado a 15 anos de prisão por actos de repressão durante a ditadura comunista de Nicolae Ceausescu foi libertado ontem, por um período de um mês, por motivos de sáude.

Mihai Chitac, 81 anos, que foi um dos homens enviados por Ceausescu para reprimir a revolta de Timisoara, no oeste da Roménia, em Dezembro de 1989, que anunciava a morte do regime comunista.

Em 2007, Chitac foi condenado a 15 anos de prisão pela morte a tiro de 72 manifestantes. Apresentou recurso e só começou a cumprir pena um ano mais tarde.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG