A ESCÓCIA EM NÚMEROS

Algumas perguntas e respostas sobre números importantes que ajudam a compreender o debate sobre a independência da Escócia.

O QUE É A ESCÓCIA?

É um dos territórios que formam o Reino Unido. É composto pela parte setentrional da Grã-Bretanha e ainda por mais 790 ilhas. É banhada pelo mar do Norte (onde existe exploração de petróleo).

QUAL É A CAPITAL DA ESCÓCIA?

Edimburgo. A segunda maior cidade é Glasgow.

QUANTAS LÍNGUAS SE FALAM?

A língua oficial é o inglês, mas também se fala o scots (mais nas Terras Baixas) e o gaélico escocês (mais nas Terras Altas).

QUANTOS HABITANTES TEM?

5,3 milhões (o que representa 8,3% da população total do Reino Unido)

QUANTAS PESSOAS VOTAM NO REFERENDO?

Mais de quatro milhões são elegíveis para votar. Só quem vota é quem vive atualmente na Escócia, ou seja, os cerca de 800 mil escoceses que vivem noutras partes do Reino Unido ou noutros países não poderão votar nesta consulta popular. Por outro lado, os 400 mil estrangeiros que vivem na Escócia, entre eles portugueses, poderão votar neste referendo.

QUAL A IDDE MÍNIMA PARA VOTAR?

Pela primeira vez - e só para este escrutínio - poderão votar as pessoas com mais de 16 anos (quando a idade mínimo de voto era até agora de 18 anos).

QUAL O PIB PER CAPITA DA ESCÓCIA?

26, 424 libras, com receitas do petróleo, 20, 571 libras, sem receitas do petróleo, segundo dados de 2013 divulgados pela BBC. Esses números, para o Reino Unido, são 22, 336 libras, no primeiro caso, 20, 873 o segundo.

QUAL A TAXA DE DESEMPREGO?

Na Escócia a taxa de desemprego é de 7,5%, enquanto que no Reino Unido em geral é de 7,8%.

QUANTO SE GANHA EM MÉDIA POR SEMANA?

498 libras por semana na Escócia, 506 libras por semana no Reino Unido, segundo dados de 2012 da nos, que são citados pela BBC

QUAL A ESPERANÇA MÉDIA DE VIDA?

Um homem escocês tem 76,5% anos de esperança média de vida, uma mulher escocesa tem 81 anos de esperança média de vida. Na União Europeia a Suécia é o país que tem maior esperança de vida entre os homens, a Espanha é o que tem maior esperança de vida entre as mulheres.

QUAIS SÃO AS RECEITAS DO PETRÓLEO?

O petróleo e o gás do mar do Norte são um dos argumentos dos que querem uma Escócia independente para dizer que teriam meios de viver por si próprios. Ainda segundo a BBC, entre 1991e 1992, o Reino Unido teve 1,5 mil milhões de libras em receitas provenientes do petróleo. Em 2011-2012 esse número foi da ordem dos 27 mil milhões de libras. Até agora já foram extraídos 40 mil milhões barris de petróleo daquela zona.

QUE RESERVAS DE PETRÓLEO AINDA EXISTEM?

Estima-se que ainda haja 24 mil milhões de barris de petróleo por extrair, o que significa que haverá produção ainda durante mais 30 ou 40 anos. A maior estimativa, feita pelo governo da Escócia, diz que ainda é possível ganhar 1,5 biliões de libras com a exploração petrolífera e, daqui até 2018, 57 mil milhões de libras. A estimativa mais baixa, do gabinete nacional de estatísticas britânico, fala em apenas 120 mil milhões de libras em reservas de petróleo e prevê que, em 2017-2018, a produção caia 38%.

ONDE IRIA O ORÇAMENTO ESCOCÊS BUSCAR RECEITAS?

Estima-se que entre 10% a 20% das receitas fiscais escocesas viriam do petróleo. No caso do Reino Unido essa fatia representa apenas 1,5% das receitas.

QUAL SERÁ A DÍVIDA DA ESCÓCIA?

É difícil precisar mas existem algumas estimativas. O Government Expenditure and Revenue Scotland estimou que, pelo factor população, a dívida seria mais ou menos de 92 mil milhões de libras, ou seja, 62% do PIB. Mas, usando uma estimativa de balança fiscal, seria de 56 mil milhões de libras, o que daria qualquer coisa como 38% do PIB.

NO QUE É QUE OS ESCOCESES GASTAM MAIS OU MENOS DINHEIRO?

Gastam mais em bebidas alcoólicas e tabaco e menos em comida, habitação, transportes e cultura, refere um inquérito sobre o custo de vida e da alimentação no Reino Unido.

A ESCÓCIA PRECISA DE IMIGRANTES?

Se a Escócia fosse independente teria pouca população ativa a trabalhar e a descontar para conseguir suportar-financiar o sistema de pensões das pessoas mais velhas. Por isso o governo escocês diz que estaria aberto a receber imigrantes, de acordo com um sistema de pontos semelhante ao que existe na Austrália. O governo estima que fossem necessários 24 mil imigrantes por ano, refere a BBC, o que no espaço de 20 anos daria qualquer coisa como 480 mil pessoas (o que é quase a população atual de Edimburgo).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG