Vaga de frio recua depois de causar 21 mortos nos EUA

A onda de frio que atinge os Estados Unidos começou a recuar ontem, quarta-feira, depois de ter provocado, pelo menos, 21 mortos, milhões de dólares de prejuízos e forçado à suspensão de 11 mil voos.

As tempestades de neve e as baixas temperaturas, as mais baixas dos últimos 20 anos, terão causado prejuízos na ordem dos cinco mil milhões de dólares (3,6 mil milhões de euros), tendo afetado o quotidiano de mais de 187 milhões de pessoas. O número de vítimas mortais está em 21, segundo o primeiro balanço do dia.

O dia de hoje começou com céu limpo na maior parte das áreas afetadas e o número de voos cancelados está também a diminuir. Nas últimas horas apenas foram cancelados pouco mais de 1500 voos.

Continuam, no entanto, encerradas as escolas 14 estados no Centro e no Nordeste do país.

O deslocamento da frente fria polar causou temperaturas extremas em Boston, no estado de Massachussets, e em Knoxville, no Tennessee. Ao todo, foram mais de 50 cidades dos EUA que tiveram novos recordes de baixas temperaturas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG