Três detidos espancados até à morte na prisão

Três presos foram hoje espancados até à morte numa prisão no México, um dia depois de terem sido transferidos para o estabelecimento na cidade de Acapulco, informaram responsáveis das autoridades penitenciárias deste país.

Condenados por assassínio e roubo, os prisioneiros tinham sido transferidos de uma penitenciária na cidade de Iguala, 220 quilómetros a norte, depois de homens armados terem atacado a prisão na sexta-feira, provocando um tiroteio que causou 10 mortos.

O gabinete do procurador do Estado de Guerrero, a que pertence Acapulco, disse que se estava a investigar as últimas mortes.

Não indicou como morreram os três homens, mas um responsável da segurança pública, que não quis ser identificado, disse que as mortes se deveram a golpes no corpo e na cabeça.

A Comissão Nacional de Direitos Humanos alertou em novembro para o "estado crítico" das sobrelotadas prisões do país. Registam um aumento de assassínios e de fugas e dois terços estão sob controlo dos presos, disse.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG