Senado alvo de desinfestação após ataque de rato

O ataque de um rato a uma funcionária na quarta-feira obrigou a Senado brasileiro a contratar serviços de desinfestação e desratização, publicou hoje o jornal Folha de São Paulo.

Segundo o jornal, a funcionária da câmara alta do Parlamento brasileiro estava a trabalhar quando, ao calçar uma sandália, foi mordida no pé. A mulher foi atendida pelo serviço médico do Senado e está em observação.

O caso ocorreu na sala da Secretaria-geral da Mesa Diretora. Além desta, também a Secretaria do Congresso passará pela desinfestação. A atividade nas duas secretarias foi suspensa.

De acordo com a reportagem, há relatos de roedores a circular também por outros locais do edifício, que integra o conjunto arquitetónico do Congresso Nacional, projetado em Brasília por Oscar Niemeyer.

Ataques de animais no Congresso não são inéditos. Em 2009, dois funcionários do gabinete de um senador foram picados por abelhas que tinham construído uma colmeia no local.

No Senado também já foram encontrados escorpiões.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG