São Francisco proíbe nudez nas ruas

Os legisladores do de São Francisco no Estado da Califórnia decidiram proibir a nudez nas ruas da cidade. Uma prática que se tornou popular nos últimos dois anos sobretudo no bairro gay de Castro, avançou a imprensa local.

Com seis votos a favor e cinco contra, o decreto-lei foi aprovado. A medida foi introduzida por Scott Wiener, membro da Câmara de Supervisores de São Francisco, que representa o distrito de Castro. E a nova lei proíbe a exibição pública da nudez a qualquer pessoa maior de cinco anos.

Após a aprovação da regra um grupo de cidadãos contra a norma foram para a câmara municipal manifestar-se e despiram-se em protesto, registou o jornal "San Francisco Chronicle".

A medida impõe a proibição de "expor os genitais, o períneo ou a região anal em qualquer rua pública, praça ou parque" Também está proibida a nudez em transportes públicos.

Foram contempladas algumas exceções para desfiles e feiras de rua, como a parada de orgulho gay e a anual Folsom Street Fair que celebra o sadomasoquismo e outras tendências sexuais.

Violar a lei pela primeira vez pode custar uma multa de 100 dólares, mas uma terceira ofensa à lei pode chegar aos 500 dólares ou um ano de prisão.

A iniciativa teve várias denúncias incluindo a da advogada Christina DiEdoardo, que considera a lei ofensiva do direito de liberdade de expressão dos nudistas.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG