Romney "riscou" parte dos EUA no seu video, diz Obama

O atual presidente americano comentou pela primeira vez as declarações de Mitt Romney sobre o facto de 47% dos americanos serem "dependentes do Governo" e "não pagarem impostos".

No programa de David Letterman, transmitido pela CBS, Obama fez questão de dizer a Romney que estava errado quando categorizou quase metade da população como pessoas que se vêem a elas próprias como vitimas e que o candidato republicano estava a "riscar uma grande parte do país", quando referiu que o seu trabalho não seria preocupar-se com essas pessoas.

A resposta de Obama vem na sequência de um vídeo de Romney, publicado pela revista Mother Jones, e filmado por uma câmara oculta num encontro com apoiantes que financiam a sua campanha. O presidente disse ainda que uma das coisas que aprendeu no atual cargo é que se representa o país inteiro. "A minha expectativa é de que, se você quer ser presidente, precisa de trabalhar para todos, não só para alguns", acrescentou, arrancando um grande aplauso de toda a plateia.

Obama continuou dizendo que Romney deveria pedir desculpas: "Quando concorremos a presidente, ficamos sob um microscópio o tempo todo. Todos nós cometemos erros".

No final, depois de Letterman elogiar a forma física de Obama, este agradeceu e retornou o elogio, ao que o apresentador disse: "e você ainda não me viu nú!". O candidato democrata riu e respondeu "vamos manter as coisas assim".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG