Reveladas fotos da "casa de horror" de Ariel Castro

(VEJA MAIS IMAGENS) As autoridades norte-americanas revelaram pela primeira vez imagens do interior da casa de Cleveland, onde três jovens foram mantidas presas durante mais de uma década.

Os procuradores divulgaram imagens da casa, incluindo algumas que mostravam o quarto, cheio de peluches e outros brinquedos de crianças, onde uma das vítimas passava a maior parte do tempo, com a filha que nasceu em cativeiro.

Outras imagens mostravam as correntes que eram usadas nas outras duas mulheres. Durante o julgamento de Ariel Castro, condenado a prisão perpétua e mais mil anos de prisão por mais de 900 crimes, as testemunhas relataram que foram encontradas na casa mais de 40 quilos de correntes, que mediam mais de 30 metros.

Ariel Castro evitou a pena de morte ao chegar a acordo com a acusação, assumindo a sua culpa nos acontecimentos.

Este caso foi conhecido a 06 de maio último quando uma das vítimas, Amanda Berry, de 27 anos, conseguiu fugir com a filha de seis anos da casa onde estava sequestrada desde 2003.

Dentro da residência de Castro, a polícia encontrou duas outras mulheres, Gina De Jesus, 23, e Michelle Knight, 32, sequestradas em 2004 e 2002, respetivamente.As três mulheres tinham sido raptadas separadamente, acorrentadas e repetidamente violadas.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG