Rede de distribuição de energia vulnerável a terroristas

A rede de distribuição de energia dos Estados Unidos está vulnerável a ataques terroristas e a sua reparação, em caso de ataque, pode levar semanas ou até meses, indicou um estudo hoje divulgado, noticia a agência AFP.

A divulgação das conclusões ocorreu pouco depois de a tempestade Sandy ter atingido Nova Iorque e a costa do Estado de Nova Jérsia no final de outubro, causando uma devastação generalizada.

"O sistema de distribuição de energia elétrica dos EUA está vulnerável a ataques terroristas que podem causar muito mais estragos ao sistema do que os desastres naturais, como o furacão Sandy, colocando grande regiões do país às escuras durante semanas ou meses e custando muitos milhares de milhões de dólares", precisa o estudo, produzido pelo Conselho Nacional de Investigação.

Uma grande parte do sistema de alta voltagem está muito sobrecarregada, o que o deixa particularmente sujeito a falhas múltiplas na sequência de um ataque.

Para agravar, peças importantes do sistema são velhas de décadas.

Muitas instalações importantes não estão guardadas e os transformadores de alta tensão causam uma preocupação particular, porque estão vulneráveis tanto dentro como fora das subestações, indica-se no estudo.

Os transformadores, cujo tamanho é grande, são também difíceis de substituir, porque na sua maioria já não são produzidos nos EUA e o tempo de entrega dos novos pode chegar a demorar anos.

No documento aponta-se ainda para a gravidade dos ataques por via cibernética, que, se não podem causar danos extensos, podem ampliar os estragos de um ataque físico.

O relatório foi acabado pelos investigadores no outono de 2007, tendo estado reservado desde então pelo Departamento da Segurança Interna.

Mas na sua introdução acentua-se que as suas principais conclusões permanecem "muito relevantes".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG