Provável ataque informático a 'site' do New York Times

O 'site' do New York Times esteve ao final de terça-feira (hora portuguesa) inoperacional, "muito provavelmente" devido a um ataque de piratas informáticos, indicou à AFP um porta-voz da publicação. Este porta-voz afirmou estar-se perante uma ação de ciber-atacantes sírios.

"As nossas primeiras conclusões é de que o problema tem origem externa e visava perturbar, de forma deliberada" o funcionamento do diário americano na Internet. Cerca das 23:00, o acesso continua bloqueado e só perto da 01:30 da manhã (hora portuguesa), era possível abrir alguns conteúdos.

Um especialista em segurança informática, Matt Johnsen, ouvido pela AFP explicou que o mais provável é estar-se perante uma ação do denominado Exército Sírio Eletrónico, que apoia o regime de Bachar al-Assad e que já desenvolveu ataques deste género contra 'sites' de outras publicações, naturalmente críticas do poder em Damasco.

Segundo aquele especialista, as caraterísticas que apresenta a interrupção de funcionamento da página Internet do New York Times remetem para o tipo de operações realizadas no passado pelos ciberpiratas pró-Assad.

Em janeiro deste ano, segundo a AFP, o New York Times revelara que piratas informáticos tinham conseguido acesso às palavras-passe de mais de 50 dos seus funcionários e tinham entrado nos respetivos computadores pessoais, após o diário ter publicado uma investigação comprometedora para a família do então primeiro-ministro chinês Wen Jiabao, que cessou funções em março de 2013.

Já este mês, outro importante diário americano, o Washington Post, fora alvo de uma ação semelhante à agora verificada contra o New York Times.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG