Polícia de Boston planeia explosão controlada

A polícia já concluiu as buscas casa a casa em cerca de 70% da zona de Waterton, na área metropolitana de Boston, devendo proceder ao início da noite a uma explosão controlada em Cambridge, depois de alegadamente ter encontrado explosivos.

Ao todo, cerca de nove mil polícias de várias partes dos EUA estão envolvidos na operação na área metropolitana de Boston de caça ao homem. Procuram o suspeito número 2, que nas fotografias usava um boné branco, e que foi identificado como sendo Dzhokar Tsarnaev, de 19 anos.

As autoridades lançaram alerta para um Honda Civic verde, de 1999, que pode estar a ser usado pelo suspeito em fuga. Horas depois, o veículo foi encontrado vazio, não tendo sido revelado se teria ou não sido usado pelo suspeiro.

As autoridades estenderam o alerta de segurança a toda a cidade, numa comunicação feita aos jornalistas por três responsáveis, mas sem direito a quaisquer perguntas dos media. Os apelos para que as pessoas fiquem em casa foram reafirmados e a suspensão de todos os transportes públicos voltou a ser confirmada por estes responsáveis. O jogo de baseball entre a equipa de Boston, os Red Sox, e os Royals, marcado para Fenway Park, foi adiado.

Os responsáveis policiais confirmaram a morte do suspeito que surge de boné preto nas imagens divulgadas na véspera pelo FBI, pedindo paciência aos jornalistas e aos cidadãos durante mais algumas horas, até que se consiga localizar o segundo suspeito, o do boné branco, ainda em fuga. Estes dois homens são suspeitos de estarem na origem das explosões de segunda-feira na maratona de Boston, que fizeram três mortos e mais de centena e meia de feridos.

Neste breve comunicado à imprensa, os responsáveis da área confirmaram ainda que, além do polícia que foi morto durante a madrugada, um outro agente ficou ferido com gravidade e foi submetido a uma cirurgia. Segundo a cadeia de televisão WCVB este polícia ferido estava ao serviço há três anos e é pai de um bebé de apenas seis meses de idade.

Além disso, refere a NBC News e Reuters, parte do espaço aéreo sobre a cidade de Boston foi encerrado e as autoridades lançaram uma forte caça ao homem, apoiadas por todo o tipo de armas e veículos. Apesar disso, os media dizem que parece não haver grande perturbações no funcionamento do aeroporto. Cerca de nove mil polícias de vários estados dos Estados Unidos estão envolvidos nessa busca.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG