Polícia abate jovem com 17 tiros

Moradores da zona destruíram vários carros da polícia, com a tensão em Saint Louis a deixar as autoridades receosas que possam acontecer novos confrontos como os de Ferguson, depois de Michael Brown ter sido morto pela polícia. O chefe da polícia de Saint Louis referiu que a vítima disparou três tiros e só depois o agente utilizou a sua arma.

O polícia, que estava fora de serviço e a trabalhar como segurança, matou, na noite de quarta-feira, um jovem negro de 18 anos em Saint Louis, no estado de Missouri, nos Estados Unidos, refere a televisão CNN. Em resposta, os moradores da zona destruíram vários carros da polícia, refere a cadeia televisiva.

O chefe da polícia explicou que o agente (há seis anos na polícia) abordou três homens que fugiram, perseguindo um deles. Segundo os exames balísticos realizados no local, o jovem terá disparado três tiros, e o agente respondeu com 17. No entanto, não teve a perceção de quantos atingiram o jovem. Já decorre a investigação para averiguar se a ação do agente foi apropriada.

Esta morte acontece na sequência do homicídio de Michael Brown, outro jovem negro morto pela polícia de Saint Louis, no subúrbio de Ferguson, há dois meses.Michael Brown não estava armado quando foi morto pela polícia. Grupos de ativistas reinvindicam uma investigação mais aprofundada no caso de Brown.

Exclusivos

Premium

Gastronomia

Quem vai ganhar em Portugal as próximas estrelas Michelin

É já no próximo dia 20, em Sevilha, que vamos conhecer a composição ibérica das estrelas Michelin para 2020. Estamos em festa, claro, e festejaremos depois com os nossos bravos, mesmo sabendo que serão poucos para o grande nível a que já chegámos. Fernando Melo* escreve sobre os restaurantes que podem ganhar estrelas Michelin em 2020 em Portugal.