Pessoas voltam às ruas mas as buscas prosseguem

Autoridades reconhecem que o suspeito continua a monte, mas estão convencidos que ele ainda está no estado de Massachusetts.

Os habitantes de Boston já podem voltar às ruas, depois de esta sexta-feira terem sido concluídas as buscas porta-a-porta em Watertown.

A garantia foi dada pelo subscomissário da polícia do estado de Massachusetts, Timothy Alben, em conferência de imprensa ao fim da noite. Foi ainda confirmado que o denominado "suspeito n.º 2" do atentado na Maratona de Boston ainda não foi capturado, mas foi lançado um apelo à população para que se mantenham vigilantes por se tratar de "um individuo violento e bastante perigoso".

O metropolitano de Boston foi entretanto reaberto e, aos poucos, a vida volta à normalidade, embora com um grau elevado de alerta, enquanto Dzhokar Tsarnaev não for detido. As autoridades garantiram que as buscas vão prosseguir, acrescentando que as forças envolvidas na investigação "acreditam que o suspeito continua no estado de Massachusetts". No entanto, a Interpol emitiu um mandado de busca, a pedido dos Estados Unidos, como forma de percaver uma possível fuga para outro país.

Desafiado para deixar uma mensagem a Dzhokar Tsarnaev, o subcomissário Timothy Alben foi claro: "A minha mensagem é que ele se entregue às autoridades para que a tragédia não seja maior."

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG