Parlamento discute mobilidade jovem com Portugal

O deputado federal canadiano Andrew Cash anunciou hoje que vai apresentar amanhã no parlamento uma moção para que o Governo estabeleça com Portugal um acordo bilateral de mobilidade jovem.

"Este acordo permitiria aos jovens canadianos viajarem e trabalharem em Portugal, dando-lhes a experiência de uma vida vibrante e da cultura de um dos países mais bonitos, permitindo o mesmo aos portugueses", explicou o deputado eleito por Davenport (Toronto), que também lidera o grupo parlamentar de Amizade Canadá - Portugal.

O acordo de intercâmbio permite a jovens com idades compreendidas entre os 18 e os 35 anos uma vaga de emigrante durante um ano, um projeto que este ano foi alargado a mais dois países: Grécia e França. Andrew Cash salienta também a importância dos portugueses no país "ao longo dos tempos", considerando os emigrantes "pessoas maravilhosas" que contribuíram para o desenvolvimento do Canadá.

Na atualidade, a crise europeia é outro dos motivos para este acordo, explicou o eleito do NDP. "Compreendo os problemas existentes em Portugal devido à crise, e se temos falta de trabalhadores especializados há que facilitar a vinda dos portugueses pois são bons trabalhadores", referiu. Nesse sentido, o deputado decidiu aproveitar o Dia de Camões, de Portugal e das Comunidades Portuguesa para fazer uma declaração na Câmara dos Comuns sobre os "60 anos da emigração portuguesa no Canadá" e a "importância" dos portugueses no país.

O reforço das parcerias oficiais será também uma realidade, estando prevista uma visita no outono de deputados canadianos a Portugal Em junho de 2012 a deputada portuguesa, Isabel Galriça Neto, vice-presidente do grupo parlamentar de amizade Portugal-Canadá, esteve em Otava. A emigração portuguesa para o Canadá celebra em 2013 60 anos, mas a presença dos portugueses no território já é de séculos. Estima-se que existem cerca de 450 mil portugueses ou luso-canadianos no país, estando a grande maioria na província do Ontário.

Exclusivos