Paralisação do governo dos EUA pode atingir tribunais na próxima semana

Os tribunais federais dos Estados Unidos poderão ter de fechar as portas no final da próxima semana se não for alcançado um acordo para por fim à paralisação do governo norte-americano, alertaram as autoridades locais.

Os tribunais norte-americanos têm recorrido a taxas e outros fundos para evitar encerrar desde 01 de outubro, quando um impasse orçamental causou uma paralisação parcial do governo federal pela primeira vez em 17 anos.

"Os tribunais federais poderão estar abertos durante a paralisação do governo, mas estão longe da sua atividade normal", refere uma nota do gabinete administrativo dos tribunais dos Estados Unidos.

Procuradores federais têm instruções para "reduzir ou adiar" contencioso civil "ao ponto de não comprometer a segurança da vida humana ou da proteção de propriedade", segundo uma nota do Departamento de Justiça norte-americano.

Obama reuniu-se na quinta-feira com republicanos da Câmara de Representantes num encontro que pareceu gerar avanços na negociação sobre o aumento do teto da dívida, não havendo ainda qualquer acordo para resolver o encerramento parcial da Administração.

Os assessores dos partidos Democrata e Republicano estavam esta noite a trabalhar com vista a eliminar a ameaça de suspensão de pagamentos, que ocorrerá se não se elevar o teto da dívida antes de 17 de outubro.

Se esta situação se verificar, os tribunais enfrentarão falta de fundos a partir de 18 de outubro, constatou o gabinete administrativo.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG