Oito menonitas detidos por mais de 60 violações

Homens usavam um narcótico para adormecer as vítimas, que têm entre os 11 e os 47 anos de idade

Mais de 60 mulheres de uma colónia menonita na Bolívia denunciaram ter sido alvo de violações, tendo as autoridades procedido à detenção de oito homens da mesma comunidade.

Segundo o procurador-geral da região de Santa Cruz, Freddy Pérez, “a cada dia que passa surgem mais denúncias de mulheres com idades entre os 11 e os 47 anos”. Mas o líder da comunidade, fala na violação também de uma menina de dois anos.

Nem mesmo as grávidas escaparam aos abusos. Foi a denúncia de uma mulher que desencadeou a investigação e permitiu as detenções. Os acusados, que têm entre 18 e 41 anos, negam as acusações.

Os homens desta comunidade protestante ortodoxa, cujo estilo de vida obriga à renúncia de vários avanços tecnológicos, como luz eléctrica, actuavam à noite. Segundo as autoridades, usavam um narcótico vaporizante para adormecer as vítimas e depois violá-las.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG