Obama vai às compras para mulher e filhas

O presidente norte-americano aproveitou uma visita a Nova Iorque para fazer uma paragem surpresa numa loja Gap, de forma a realçar que esta aumentou o salário dos funcionários e comprar algumas peças de roupa.

Barack Obama, que no seu discurso do Estado da Nação havia desafiado as empresas norte-americanas a aumentarem os salários dos seus funcionários, fez hoje uma visita surpresa a uma loja Gap, em Nova Iorque. A marca decidiu unilateralmente aumentar o ordenado mínimo dos funcionários, o que representa um exemplo, segundo o presidente norte-americano.

Aumentar os salários dos empregados "não é apenas bom para estes e para as suas famílias, é bom para toda a economia", realçou o presidente dos Estados Unidos, que defendeu, no Congresso, um aumento do salário mínimo de 7,25 dólares por hora para dez dólares. Desde 2007, que o valor do salário mínimo não sofre alterações no país e Obama estimou que, desde 1981, os americanos perderam 20% do poder de compra.

Com o recado dado, Barack Obama aproveitou para espreitar a oferta da loja e fez algumas compras para a mulher, Michelle, e para as filhas. "Acho que as meninas vão ficar impressionadas com o meu gosto em moda", disse.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG