Obama admite que houve "grande problema" de segurança

O presidente norte-americano Barack Obama adimtiu hoje que a investigação ao ataque mortal no consulado dos Estados Unidos da América (EUA) na Líbia descobriu um "grande problema" nos procedimentos de segurança da estrutura.

"Não vamos ser defensivos relativamente a este assunto. Nem fingir que não houve um problema. Houve um grande problema", afirmou Obama à cadeia televisiva NBC numa entrevista gravada no sábado e hoje transmitida, segundo cita a agência Associated Press.

O presidente dos EUA revelou que está a decorrer uma investigação para descobrir quem foram os autores do ataque que ocorreu em setembro na cidade líbia de Benghazi e que vitimou quatro cidadãos norte-americanos, entre os quais o embaixador do país na Líbia.

"Temos algumas pistas muito boas, mas não é algo sobre o qual eu possa falar neste momento", afirmou Obama.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG