Nova manifestação reúne 2 mil pessoas no Brasil

As manifestações contra o aumento dos preços nos transportes públicos continuam hoje no Brasil, com mais de 2 mil pessoas a protestarem em Niterói, cidade metropolitana do Rio de Janeiro.

O número foi avançado pelo jornal O Globo, segundo o qual a manifestação decorria pacificamente ao final da tarde.

Os participantes carregam cartazes e entoam pedidos para redução nos preços das tarifas do transporte público.

O evento faz parte de uma série de protestos iniciados há mais de uma semana e que têm recebido forte repressão em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Em alguns casos foram registados atos de vandalismo, com autocarros, vidros de edifícios e estações de metro vandalizados, além de 'graffiti'.

A Polícia Militar tem atuado com o uso de gás lacrimogéneo e balas de borracha.

Na quinta-feira à noite, repórteres do jornal brasileiro Folha de São Paulo foram feridos, incluindo um fotógrafo que foi ferido no olho e terá de passar por uma cirurgia.

Na quinta-feira, mais de 230 manifestantes foram presos em São Paulo. A maior parte dos estudantes detidos foi libertada hoje, com exceção de quatro.

Um deles é acusado de atear fogo a uma guarita da Polícia Militar.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG