Mortos em explosão de refinaria sobem para 48

A explosão de sábado na refinaria de Amuay (450 quilómetros a leste de Caracas) causou pelo menos 48 mortos, de acordo com um novo balanço hoje divulgado pelas autoridades venezuelanas.

A explosão foi provocada por uma fuga de gás propano cuja origem está ainda por determinar.

Os novos dados foram divulgados pela governadora do Estado Falcón, Stella Lugo, que avançou que a explosão causou estragos em 520 casas e que 7 cidadãos estão internados no Hospital Coromoto de Maracaibo (Estado de Zúlia), encontrando-se estáveis depois de sofrer queimaduras graves.

A explosão na refinaria de Amuay ocorreu pelas 01:11 horas locais de sábado (06:44 horas em Lisboa), depois de uma fuga de gás propano cuja origem está por determinar e gerou uma nuvem, que depois explodiu e provocou incêndios em pelo menos dois tanques da refinaria e nas áreas circundantes.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG