Mayor de Toronto com poderes reduzidos após escândalos

Os escândalos relacionados com o consumo de álcool e drogas e com a contratação de prostitutas levaram a esta medida contra o autarca.

O mayor de Toronto ficou com os poderes reduzidos depois de a maioria dos vereadores da Câmara (37 contra 3) terem votado hoje uma moção com esse objetivo.

"Eu faria exatamente a mesma coisa se houvesse um mayor a comportar-se como eu me comportei", reagiu Rob Ford, salientando, no entanto, que a decisão vai custar dinheiro aos contribuintes.

A perda de poderes segue-se a duas semanas de escândalos a envolver o autarca. Depois de este ter sido obrigado a assumir o consumo de drogas e de álcool (na sequência de conteúdos de vídeos divulgados pela comunicação social), Rob Ford viu-se ainda no centro de uma polémica relacionada com a contratação de prostitutas.

Documentos judiciais que visavam apanhar um traficante mostram os testemunhos do chefe de gabinete do autarca e de dois ex-funcionários da Câmara sobre uma festa que terá acontecido a 17 de março de 2012, Dia de São Patrício, no gabinete do próprio mayor. Segundo uma das testemunhas, estava também presente uma mulher, de nome Alana, que seria prostituta.

"Não me agrada que chamem a Alana de prostituta. Nunca tive aqui uma prostituta", reagiu Rob Ford na quinta-feira, depois da divulgação destes documentos, com uma camisola de futebol americano, de que é adepto, vestida por cima de uma camisa clássica branca. "Sou muito bem casado. Isto é muito perturbador para a minha mulher. Terei de tomar medidas judiciais", disse ainda este homem, conhecido pela argumentação apaixonada e por não ter papas na língua. Rob Ford garantiu que não precisava de recorrer a prostitutas pois estava muito bem casado. Uma ideia que transmitiu por outras palavras, bem mais obscenas.

O documento cita ainda uma outra testemunha, um empregado de um bar onde o grupo terá estado nessa noite, que descreve uma cena em que o mayor terá consumido droga. "Não digas a ninguém o que viste aqui esta noite", ter-lhe-á dito Rob Ford.

À conta dos escândalos em que esteve envolvido nas últimas duas semanas, o autarca até recebeu um prémio de um programa humorístico canadiano pelo seu esforço na "promoção do riso".

A edição limitada de mil mini-estatuetas que lançou esgotaram em poucas horas. Vendidas por 20 dólares a unidade foram colocadas à venda na Internet por 500.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG