Jovem de 16 anos presa por planear massacre em escola

A polícia prendeu ontem uma jovem de 16 anos que planeava um ataque mortífero à sua escola secundária no Arizona e, em seguida, o seu suicídio. Foi detida pelas autoridades locais menos de uma semana após o tiroteio na escola de Newtown, no estado da Califórnia.

A rapariga foi presa na sua casa na cidade de Mesa, em Phoenix, depois de se ter descoberto que planeava um ataque ao estabelecimento 'Red Mountain', informaram as autoridades num comunicado.

O plano foi descoberto após uma mensagem escrita pela jovem ter sido publicada no canal do Youtube de uma comunidade de transsexuais em Toronto, Canadá, onde se podia ler: "Eu pretendo causar muito mal...matar...assassinar pessoas na minha escola".

"Eu trabalho na escola como assistente de professor e é por isso que ninguém será capaz de descobrir que quero fazer explodir a escola", acrescentava na mensagem.

Foi o responsável por esse canal canadiano no Youtube que contactou a polícia de Toronto e esta, por sua vez, informou as autoridades do condado de Maricopa. Três horas depois a jovem foi identificada, confessando os seus planos durante um interrogatório conduzido pela polícia em sua casa.

A jovem disse que este seu plano já estava previsto antes do ataque em Newtown. A polícia encontrou três armas em casa dos pais da rapariga, que alegaram que a filha tinha antecedentes de problemas psiquiátricos e que recentemente tinha feito perguntas sobre as armas.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG