Venezuelanos podem escrever com letra igual à de Chávez

Para assinar o 60.º aniversário do nascimento de Hugo Chávez, um desenhador venezuelano criou a fonte tipográfica 'ChávezPro', que permite aos utilizadores de computadores escrever com a letra do falecido líder socialista.

A iniciativa partiu do desenhador Marcelo Volpe, sob a conceção de um "presente" com o qual procura "eternizar o legado, ideais e presença espiritual" do fundador da Revolução Bolivariana e do socialismo venezuelano do século XXI.

O arquivo pode ser descarregado a partir do endereço eletrónico www.trincheracreativa.com e uma vez instalada a fonte integra-se nos menus dos diferentes processadores de texto como uma opção, uma alternativa aos estilos tradicionais Times New Roman, Arial ou Courier.

Segundo o autor, para criar a fonte foi necessário fazer uma investigação sobre a escrita do falecido presidente, porque "há letras que ele não escrevia sempre de maneira igual".

A nova letra, explicou, permitirá a qualquer usuário escrever, tal como escrevia Hugo Chávez, as mensagens do falecido socialista, que são frequentemente usadas com fins publicitários, em bonés, t-shirts e chaveiros.

Hugo Rafael Chávez Frías, nasceu em Sabaneta de Barinas, Venezuela, a 28 de julho de 1954 e faleceu em Caracas a 5 de março de 2013.

Comandante do Exército e crítico férreo dos Estados Unidos, presidiu, entre 1999 e 2013 os destinos da Venezuela, centrando o seu Governo na implementação da Revolução Bolivariana e no socialismo do século XXI.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Brexit

"Não penso que Theresa May seja uma mulher muito confiável"

O diretor do gabinete em Bruxelas do think tank Open Europe afirma ao DN que a União Europeia não deve fechar a porta das negociações com o Reino Unido, mas considera que, para tal, Theresa May precisa de ser "mais clara". Vê a possibilidade de travar o Brexit como algo muito remoto, de "hipóteses muito reduzidas", dependente de muitos fatores difíceis de conjugar.