Revista gay elege Papa personalidade do ano

A "The Advocate", a mais antiga revista gay dos Estados Unidos, assinalou o 77.º aniversário do Papa Francisco nomeando-o personalidade do ano, título que a revista "Time" já lhe havia atribuído.

"Se 2013 será memorável para a ação de centenas de pessoas que lutaram pela igualdade do casamento, o ano será também memorável pela ação de um homem só", diz a revista, a mais antiga nos Estados Unidos pela defesa dos direitos dos homossexuais.

A "The Advocate" recorda sobretudo a abertura do Papa Francisco relativamente aos homossexuais. "Quem sou eu para julgar", questionou ele, o que para a comunidade gay é "um sinal para os católicos e para o mundo de que este novo Papa não é como o anterior".

Apesar de se manter contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo, o Papa, segundo o entendimento feito pela revista, "levou a Igreja a refletir e a pensar". Líder de 1,2 mil milhões de católicos em todo o mundo, Francisco "queira-se ou não faz a diferença".

O Papa já fora eleito, a 11 de dezembro, personalidade do ano pela revista "Time".

Ler mais

Exclusivos