Invasão de tartarugas atrasa voos em Nova Iorque

Uma centena de tartarugas "invadiu" hoje uma das pistas do aeroporto internacional John F.Keneddy (JFK), em Nova Iorque, originando atrasos em mais de uma dezena de voos, noticiou a agência espanhola EFE.

A "invasão" de tartarugas é um fenómeno que ocorre com frequência, sobretudo entre finais de Junho e princípios de Julho, coincidindo com o período em que estes anfíbios abandonam as águas da baía da Jamaica, em Long Island, para procurar um lugar para desovar.

Desta vez, mais de uma centena de tartarugas obrigou ao encerramento da pista de aterragem 4L, informou a Administração Federal de Aviação (FAA).

"Registámos alguns atrasos durante o período da manhã, mas nada significativo", assegurou um porta-voz da FAA.

A Autoridade Portuária, empresa que gere o aeroporto norte-americano, explicou que a zona arenosa que fica junto à pista 4L "é um dos locais ideais para desovar".

Ler mais

Exclusivos

Premium

Pedro Lains

Compreender Marques Mendes

Em Portugal, há recorrentemente espaço televisivo para políticos no activo comentarem notícias generalistas, uma especificidade no mundo desenvolvido. Trata-se de uma original mistura entre comentário político e espaço noticioso. Foquemos o caso mais saliente dos dias que correm para tentar perceber a razão dessa peculiaridade nacional. A conclusão é que ela não decorre da ignorância das audiências, da falta de especialistas sobre os temas comentados, ou da inexistência de jornalistas capazes. A principal razão é que este tipo de comentário serve acima de tudo uma forma de fazer política.